canção do expedicionário

vídeo https://youtu.be/Mc3TUAHanQw letra

Você sabe de onde eu venho?Venho do morro, do EngenhoDas selvas, dos cafezaisDa boa terra do cocoDa choupana onde um é pouco

Dois é bom, três é demaisVenho das praias sedosasDas montanhas alterosasDo pampa, do seringalDas margens crespas dos riosDos verdes mares braviosDa minha terra Natal

Por mais terras que eu percorraNão permita Deus que eu morraSem que volte para láSem que leve por divisaEsse V que simbolizaA vitória que virá

Nossa vitória finalQue é mira do meu fuzilA ração do meu bornalA água do meu cantilAs asas do meu idealA glória do meu Brasil

Eu venho da minha terraDa casa branca da serraE do luar do meu sertãoVenho da minha MariaCujo nome principiaNa palma da minha mão

Braços mornos de MoemaLábios de mel de IracemaEstendidos pra mimÓ, minha terra queridaDa Senhora AparecidaE do Senhor do Bonfim

Por mais terras que eu percorraNão permita Deus que eu morraSem que volte para lá…

Leia mais sobre canção do expedicionário
  • 0